Aplicativos interessantes e que facilitam a vida

Publicado: 06/11/2014 em Escritorio, Programação
Tags:, , , , ,

1- Nautilus:
Este aplicativo vem configurado para abrir no conceito espacial (cada clique em um item da pasta abre uma janela). Vamos alterar para o modo navegador:
Editar >> preferências >> Comportamento : marque a caixa “Sempre abrir em janelas de navegador”. Se desejar, marque também “clique único para abrir ítens” (para mudar de clique duplo para único, trazendo a vantagem da agilidade).

2- Gnome-Terminal:
Para mudar o tamanho do terminal, proceda segundo um dos seguintes métodos:

  • Método 1 – já existindo um ícone de atalho no painel superior (ou no desktop) para o gnome-terminal, abra suas propriedades e defina sua chamada através da caixa “comando” como gnome-terminal –geometry=136×30 . O valor do tamanho pode ser o que te convier. O único problema desta forma é que ao usar outro atalho que não este, o terminal voltará a abrir no tamanho padrão.
  • Método 2 – a solução definitiva é editar o arquivo de configuração /usr/share/vte/termcap/xterm. Para isso digite alt+f2 (que abrirá a janela de executar comando), e digite gksu gedit /usr/share/vte/termcap/xterm . Quando a arquivo xterm abrir, procure pela linha :co#80:it#8:li#24: fazendo a alteração dos valores 80 e 24 para o tamanho que melhor lhe convier (o 80 é o tamanho horizontal e o 24 o vertical). Uma possibilidade seria :co#136:it#8:li#30: . Salve o arquivo e saia. Reinicie a interface gráfica. Ao abrir o terminal, observe que ele já estará no novo tamanho escolhido.

3- Administração de Usuários, opções de rede e outros
Para quem instalou o básico do Gnome, um pacote extra essencial é o gnome-system-tools:

#apt-get install gnome-system-tools

As ferramentas de sistema GNOME (“GNOME System Tools”) são um conjunto de ferramentas totalmente integradas para facilitar o trabalho que é administrar computadores nos sistemas UNIX ou Linux. Elas foram pensadas para ajudar desde o novo usuário Linux ou UNIX até os administradores de sistema.

Atualmente estas são as ferramentas para gerenciamento:
– Usuários e grupos
– Data e hora
– Opções de rede
– Serviços
– Compartilhamentos (NFS e Samba)

4- Wallpapers:
Normalmente as pessoas gostam de usar papéis de parede diferentes. Isso é muito fácil de alterar no gnome, bastando clicar com botão direito do mouse na área de trabalho (desktop) e escolher “alterar plano de fundo”. Depois usar a opção adicionar, e pronto. Mas e se deseja adicionar uma coleção grande de wallpapers? Para facilitar e ter todas elas disponíveis em um só lugar, coloque-as na pasta padrão do sistema /usr/share/pixmaps/backgrounds . Só é possível fazer isso como root e no terminal, ou usando o nautilus como root.

5- Java:
O OpenJava é instalado automaticamente quando de uma instalação padrão da interface Gnome no Debian. Para instalação do Sun-Java veja o post Como instalar Java (JRE) do Debian Lenny.

6- Iceweasel em português
Para deixar o navegador Iceweasel em portuguës, veja o post Iceweasel em língua portuguesa.

7- Instalando o flash no Iceweasel, Firefox ou Epiphany
Para deixar o flash funcionando corretamente nos seus navegadores, veja o post Instalando o flash no Iceweasel, Firefox ou Epiphany com Debian Lenny.

8- Gravar CD e DVDs
Instalar o k3b. Após instalá-lo, e se seu nome não aparecer listado no menu suspenso do Gnome (na opção “Aplicativos -> multimídia”), marque o aplicativo K3b através da opção Sistema -> preferência -> Menu Principal -> Multimídia para que o mesmo passe a figurar como opção no menu suspenso.

  • vym: mapa mental
  • kdissert: mapa mental
  • freemind: mapa mental
  • gimp: editor de imagem
  • gcolor2: seletor de cores muito simples e prático
  • terminator: um terminal de console com diversas funcionalidades poderosas

9- Editar arquivos pdf
Uma boa ferramenta é o Master PDF Editor. Mas atenção: não é um software livre, mas seu uso é livre para aplicações não comerciais. Está disponível para download as versões 32bits e 64bits, arquivos “.tar.gz”, “.deb” e “.rpm”.

10- Aplicativos e drivers para o áudio
Primeiro, certifique-se de que o repositório multimídia esteja presente em /etc/apt/sources.list, da seguinte forma (para Debian squeeze):
deb ftp://ftp.debian-multimedia.org squeeze main non-free

Agora fazer a instalação de:

# apt-get install gnusound xine-plugin gxineplugin mozilla-plugin-vlc sound-juicer
# apt-get install totem totem-plugins totem-mozilla totem-xine
# apt-get install w32codecs ;apenas para sistemas de 32 bits
# apt-get install w64codecs ;apenas para sistemas de 64 bits
# apt-get install libdvdcss2 lame mp3gain soundconverter sox libsox-fmt-mp3 faad xmms2-plugin-faad xmms2-plugin-mp4 faac flac gstreamer0.10-ffmpeg gstreamer0.10-plugins-bad gstreamer0.10-sdl gstreamer0.10-plugins-ugly gxine gxineplugin regionset x264 gstreamer0.10-x264 mp3gain mjpegtools mpeg2dec vorbis-tools id3v2 mpg321 mpg123 libflac++6 ffmpeg cdda2wav libjpeg-progs ffmpeg2theora libmpeg2-4 uudeview libmpeg3-1 mpeg3-utils mpegdemux liba52-0.7.4-dev

11- Abrir imagens em um console Linux
É um conceito equivocado de que a visualização de imagens só é possível com o X windows (o software que provê uma GUI para o Linux). O framebuffer Linux fornece um suporte gráfico substancial, juntamente com suporte para várias fontes e resoluções.

O aplicativo “Frame Buffer Image viewer” (fbi) exibe nativamente arquivos nos formatos jpeg, ppm, gif, tiff, xwd, bmp, png e webp diretamente no console do Linux, usando o dispositivo framebuffer (/dev/fb0). Se a suíte ImageMagick estiver instalada, fbi poderá usá-la para lidar com todos os outros formatos que sejam suportados pelo comando “convert” dessa suíte.
# apt-get install fbi

Para visualizar arquivos basta utilizar, por exemplo, o seguinte comando:
$ fbi -t 4 *.png

Veja mais:
1- Personalizar as cores do editor Gedit
2- Pequenos ajustes no debian
3- Papeis de parede Gnome Art
4- Papeis de parede Debian
5- Install Mplayer and Multimedia Codecs in Debian 5.0 (Lenny)
6- O básico para o Debian Lenny no desktop
7- Ubuntu Tocando Todos os Formatos
8- The Frame Buffer Device

Anúncios

Deixe um comentário, pois isto é muito motivante para continuarmos este trabalho

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s