Montar pendrive no Linux

Publicado: 27/07/2011 em Escritorio, Linux, Programação
Tags:,

1. Introdução
Pode acontecer de se tentar acessar um pendrive que fora conectado a uma interface USB e se obter uma das seguintes mensagens de erro:
“Não foi possível montar 4,0 GB Filesystem”; ou
“Nao foi possivel montar o volume”

Isso significa que a unidade não fora montada.

2. Conectar o pendrive a interface USB
Conecte o pendrive a uma das unidades USB do computador.

3. Identificar a qual arquivo de dispositivo está associado o pendrive

Executar o seguinte comando na qualidade de administrador:

# fdisk -l

que pode ter como resposta uma das seguintes possibilidades (saídas típicas):

Dispositivo Boot      Start         End      Blocks        Id   System
/dev/sdb1              32       7831551     3915760    b   W95  FAT32
/dev/sdb1               1         242       1943833+       83   Linux


Vemos que o kernel reconheceu o driver do dispositivo, que tem uma tabela de partição do tipo FAT32 (primeiro caso), ou do tipo ext3 (83 Linux) no segundo caso. O pendrive está associado ao arquivo de dispositivo /dev/sdb1.

Um comando alternativo para se identificar a qual arquivo de dispositivo está associado o pendrive seria o “dmesg”, que poderia provocar uma saída típica como a mostrada abaixo.

# dmesg|tail -n 30
[........] sdb: sdb1
[........] sd 2:0:0:0 [sdb] Attached SCSI removable disk

4. Montar o dispositivo

a) Caso o sistema de arquivos do pendrive tenha formatação FAT32:

# mkdir /mnt/pendrive
# mount -t vfat /dev/sdb1 /mnt/pendrive -o umask=0000

b) Caso o pendrive tenha formatação ext3:

# mkdir /mnt/pendrive
# mount -t ext3 /dev/sdb1 /mnt/pendrive/

A pasta ‘pendrive’ deve existir e estar vazia antes da execução do comando “mount”. Esta pasta é chamada de “ponto de montagem”, ou seja, é a pasta por onde o dispositivo será acessado para se poder fazer leituras ou escritas de arquivos.

5. Fazer cópias de arquivos

# cd /mnt/pendrive
# cp -R /home/minhaarea/livro/ .

Neste caso, será copiado todos os arquivos (e todas as subpastas) de ‘minhaarea/livro’ para o pendrive. Será criado no pendrive a pasta /livro.

6. Desmontar o dispositivo após terminar o seu uso


# umount -l /dev/sdb1

Para saber mais:
1- Criando partições e sistemas de arquivos
2- Montando partições e discos no Linux
3-Montando um pendrive no Linux

Anúncios
comentários
  1. Layson Dilson disse:

    Muito bom.! ajudou bastante. Marquei como favorito.

Deixe um comentário, pois isto é muito motivante para continuarmos este trabalho

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s