Como criar entradas no Menu dos gerenciadores gráficos Gnome, KDE e Xfce

Publicado: 05/04/2010 em Escritorio, Linux
Tags:, ,

Após instalar uma nova aplicação, você espera que uma nova entrada seja criada no menu suspenso do gerenciador gráfico em uso (Gnome, KDE ou Xfce serão tratados neste post). Mas se a instalação de um pacote tiver sido realizada de forma manual, muitas vezes isto não ocorre. A aplicação pode aparecer no menu suspenso mas exigirá alguns procedimentos manuais.

Todas as entradas no menu do Gnome, KDE e do Xfce estão depositadas na pasta /usr/share/applications/. Por exemplo, a entrada do ‘gvsig’ está armazenada em /usr/share/applications/gvsig.desktop.

Tanto os ambientes de desktop KDE, Gnome como o Xfce adotaram um formato semelhante para “entradas desktop”, ou arquivos de configuração que descrevem como um determinado programa deve ser lançado, como ele aparece em menus, etc. Isto é para o maior benefício de todos que um padrão unificado esteja acordado por todas as partes de tal forma que a interoperação entre os três ambientes, e na verdade para qualquer ambiente adicional que implemente a especificação, se torna muito mais simples.

Algumas explicações quanto aos atributos dentro deste arquivo ‘.desktop’:

Name: o nome que aparecerá no menu (para o caso da língua inglesa sendo utilizada – que é a default). Caso não seja, use outro parâmetro de acordo com a lingua em uso, como por exemplo:
Name[pt]
Name[pt_BR]
Comment: um comentário para quando se passa o mouse sobre o item do menu a ser criado. É um parâmetro opcional.
Exec: contém o caminho para o arquivo executável
Icon: contém o o caminho do icon que deve aparecer no menu de entrada (preferencialmente um arquivo .png ou .xpm)
Type: o tipo da entrada do menu. Se for uma aplicação utilize ‘Application’.
Terminal: ‘true’ se a aplicação deve rodar em uma janela de terminal. A maioria das apps GUI não tem necessidade de serem executadas em um terminal. Então marque ‘false’.
Categories: é crucial. Mas existe uma restrição a certas palavras chaves. Use ponto e vírgula para mais de uma categoria. A primeira palavra indicará onde a aplicação aparecerá no menu. As categorias possíveis:

Accessories –> Utility;
Edutainment –> Education;
Games –> Game;
Graphics –> Graphics;
Internet –> Network;
Office –> Office;
Programming –> Development;
Sound & Video –>AudioVideo;
System Tools –> System;
Others –> Other;

Exemplo de um arquivo:

[Desktop Entry]
Version=1.0
Name=gvSIG
Name[pt]=gvSIG
Name[pt_BR]=gvSIG
Comment[pt]=Ferramenta SIG GPL
Comment[pt_BR]=Ferramenta SIG GPL
GenericName=Ferramenta SIG
GenericName[pt]=Ferramenta SIG
GenericName[pt_BR]=Ferramenta SIG
Exec=/home/minhapasta/gvSIG_1.9/bin/gvSIG.sh %u
Terminal=false
Type=Application
Icon=/usr/share/icons/hicolor/32×32/apps/ico-gvSIG.png
Categories=Education;


Veja também:

1- Desktop Entry Specification
2- http://www.stchman.com/menu_entry.html
Veja também:
3- Máquina Debian com ambientes gráficos simultâneos

Anúncios

Deixe um comentário, pois isto é muito motivante para continuarmos este trabalho

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s